2 Jun 2007

Descobrindo Vrindavana - parte 5


Continuação do artigo de Visakha.


Em verdade Yamuna não se importava muito em debater. Eu notei que ela preferia servir Krishna e os devotos, e também ela gostava muito de adorar as Deidades. Um dia ela humildemente perguntou a John se ele poderia doar algum dinheiro para comprar umas Deidades muito bonitas de Radha e Krishna que ela tinha visto numa loja. Eu penso que ela ficou tão surpresa quanto eu quando ele com um sorriso disse sim. Ela ficou muito feliz, ela disse que agora ela poderia servir Krishna melhor. E ela explicou que para Deus não há diferença entre energia espiritual e energia material, porque ambas energias vêm Dele. Desta maneira, ela disse, como as pessoas deste mundo não podem a forma original espiritual de Krishna, Krishna aparece diante deles na forma da Deidade. Desta maneira eles podem expressar seu amor por Ele, banhando, vestindo e decorando Ele e
Oferecendo alimentos , assim como os pais cuidam dos seus filhos ou um namorado cuida de sua amada. Yamuna tinha sido ensinada pessoalmente por Srila Prabhupada, a arte de adorer as Deidades, e agora ela começou a cuidar das Deidades desta maneira.


Houve algo mais que nos empurrou em direção a vida espiritual naquela primeira vez que nós

estivemos em Vrindavana— nosso sofrimento. Nós contraímos Glaucoma, uma infecção nos olhos que fazem eles comichar e lacrimejar sem parar. Seguindo a sugestão de um devoto John lavou seus olhos no rio Yamuna e se curou, mas eu decidi ficar em casa, deitada, no segundo piso da nossa casa, debaixo de um mosquiteiro (para proteger-me das moscas). O calor era intenso, meus olhos lacrimejavam tanto que eu não podia ver, uma alergia tinha começado, eu não parava de espirrar e meu nariz não parava de emitir líquidos. Uma bagunça. Eu me lembrei o que Srila Prabhupada tinha escrito que este mundo material é miserável e eu podia ver claramente que este não é um lugar ideal para se viver.

Desde Abril até Outubro de 1971, Srila Prabhupada viajou pela Europa e América dando palestras. Quando ele retornou a Vrindavana, nós voltamos de Calcuta e ficamos com ele em uma casa enorme que alguém tinha emprestado aos devotos.


Continua...

No comments:

Convite





Este é um convite para devotos com família que gostariam de viver em Vrindavana. Nos somos um grupo de 3 famílias, até agora, desejando comprar terra e formar uma comunidade perto de Vrindavana em uma área rural e cada família sendo o proprietário de seu pedaço de terra. A idéia é a de vivermos próximos e desta maneira ter a associação e a proteção da associação com devotos.
Aqueles que estiverem interessados podem me escrever para obter maiores informações, usando o formulário para mensagens ao lado.
Esperando que esta os encontre bem,


Seu servo,
Yajna Murti das

O Rio Yamuna

O templo de Madhana Mohana

De Volta a Vrindavana

Puro Êxtase

Abaixo está um vídeo que fizemos no Kesi Ghata num dia de Ekadasi. Kesi Ghata fica ás margens do sagrado rio Yamuna e foi aqui no Kesi Ghata que Krishna matou o demônio Kesi, que tinha a forma de um cavalo. No dia de ekadasi muitos devotos circundam Vrindavana. No vídeo vocês podem ver os devotos passando e caminhando rápido para terminar o Parikrama antes do Sol esquentar muito. No vídeo, além do Kesi Ghata vocês também podem ver o rio Yamuna.

Kesi Ghata

Harinama em Vrindavana